terça-feira, 3 de maio de 2016

TROVA DE JOSÉ LUCAS DE BARROS (1934/2015)

TROVA DE JOSÉ LUCAS DE BARROS (1934/2015)

SEI QUE DESTE MUNDO LINDO
VOU SAIR, SÓ NÃO SEI QUANDO,
MAS QUERO MORRER DORMINDO
PARA ENTRAR NO CÉU SONHANDO.


(ALMANAQUE CHUVA DE VERSOS Nº 448, JOSÉ FELDMAN)

Nenhum comentário: