segunda-feira, 30 de maio de 2016

TROVA DE MARINA BRUNA

Trovadores que deixaram Saudades
Marina Bruna
Franca/SP (1935 – 2013) São Paulo/SP

À noite, a areia da praia,
com rendas à beira-mar,
lembra um lençol de cambraia
onde se deita o luar...


(ALMANAQUE CHUVA DE VERSOS 449, JOSÉ FELDMAN)

Nenhum comentário: