quarta-feira, 25 de maio de 2016

TROVAS DE CARLOS RIBEIRO ROCHA (IN-MEMORIAN)

TROVAS DE CARLOS RIBEIRO ROCHA

Uma coisa bem pequena
meu ser anima e renova,
acho-a na flor, numa cena,
e tem o nome de TROVA.

É bem maior do que a esmola
humilhante e pequenina,
a palavra que consola
e suavemente domina.

Esta vida é um trocadilho
e o mesmo sentido tem:
sofre a mãe que não tem filho,
e o filho sem mãe também.

Pobres viajores do medo,
que tanto temem morrer:
após a noite, é segredo

que desponta o alvorecer?

Nenhum comentário: