segunda-feira, 31 de outubro de 2016

O PODER DO AMOR

O PODER DO AMOR 
Filemon F. Martins


Quanto mais penso no poder que o amor 
exerce sobre mim e me fascina, 
convenço-me, serás o meu torpor, 
não importa o que diz a medicina. 

Se estás comigo, sinto o teu calor 
e uma paz silenciosa me domina, 
o tempo não mais corre com rancor 
e o teu olhar, meus olhos, ilumina. 

Eu quero me prender neste pecado, 
e em teu amor ficar acorrentado 
como fiquei nos versos que compus. 

E prometo cantar com tal Doçura 
uma canção de Paz e de Ventura 
que o nosso Amor nos levará à Luz!





Nenhum comentário: