quinta-feira, 27 de outubro de 2016

TROVAS DE PEDRO ORNELLAS

TROVAS DE PEDRO ORNELLAS

Tive a noção do fracasso
quando o tempo em desvario
encheu de ausências o espaço
que o sonho deixou vazio!

Bendito quem no caminho
plantando amor entre irmãos
tem mãos que se fazem ninho
para aquecer outras mãos.

Se o erro ficou distante
seja pleno o teu perdão...
Não se cobra ao diamante
seu passado de carvão!

Sinto, em meu quarto, sozinho,
a Deus pedindo conselhos,
que a gente cresce um pouquinho

sempre que dobra os joelhos!

Nenhum comentário: