quinta-feira, 10 de novembro de 2016

TROVAS DE SYMACO DA COSTA

TROVAS DE SYMACO DA COSTA (Canavieiras-Ba-1914-Queimados-RJ-1982)

Quanto mais o tempo corre,
mais corre o tempo da gente,
e quem ao tempo recorre
perde o tempo inutilmente.

Do inimigo aperte a mão,
com doçura, sem rancor.
Ao contato do perdão
toda pedra vira flor!...

Para o mal, eu tenho o bem;
para o ódio, o meu perdão.
Para o amor, tenho também
muito amor no coração.

Contar segredo à mulher
é falar ao mundo inteiro
aquilo que não se quer
que o mundo saiba primeiro.

Há tanto burro mandando
em homens de inteligência
que, às vezes, fico pensando
que a burrice é uma ciência.

(Do site FALANDO DE TROVA)


Nenhum comentário: