quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

MINHA OPINIÃO

MINHA OPINIÃO (Leia até o final)
Filemon F. Martins

Quando você para um pouco e pensa, observando o cenário político, é que percebe que os brasileiros estão em situação caótica. Quando o governo quer privatizar uma empresa, as notícias, os balancetes mostram sempre que a empresa dá prejuízo. Uma vez privatizada, no ano seguinte já aparecem os lucros, como num passe de mágica. Somos idiotas, é o que pensam. Com o INSS acontece a mesma coisa. Quando trabalhei na Empresa Folha da Manhã, proprietária e editora de alguns jornais, entre outros, FOLHA DE S. PAULO, CIDADE DE SANTOS, ÚLTIMA HORA, (hoje o atual AGORA), estava mais perto das notícias e sabia-se que entre os maiores devedores do INSS estavam os clubes de futebol. Pergunto: essa dívida foi paga? Quando Lula fez a Reforma da Previdência, escolheu 12 conselheiros para fazer a dita Reforma e entre estes estavam os maiores devedores do INSS. Deu no que deu com mensalão e tudo. Agora, o Temer, com ar de sério diz que a previdência vai quebrar. Claro, enquanto a sangria aos cofres públicos continuar, não há País que aguente. É tanto roubo descaradamente, sob a complacência dos órgãos que deveriam fiscalizar, com a conivência dos Tribunais de Contas e a impunidade propiciada pela justiça e até do STF, que agora eles querem roubar, sem que haja nenhum obstáculo. É um roubo oficial. É impossível ser otimista num país, onde os ladrões roubam e um batalhão de advogados são regiamente pagos para dizer que todos eles são santos e inocentes. Enquanto isso, eu pego um cupom de compras de supermercado no valor de R$ 253,11 e o próprio cupom me informa que R$ 92,09 são tributos pagos. O próprio cupom ainda me informa que R$ 43, 25 são tributos federais e R$ 48,84 são tributos estaduais. Pode?




   

Nenhum comentário: