quarta-feira, 26 de abril de 2017

AMENIDADES...

AMENIDADES (Histórias e lições do saudoso Mário Martins)


Depois de ter estudado em Ipupiara, Xique-Xique, Bom Jesus da Lapa e Recife, Mário Martins já casado e formado deixa o Recife, após anos de estudos e trabalhos, e se transfere para a progressista cidade de Anápolis, no Estado de Goiás, aí fixando residência com sua família. Em contato com amigos, professores, médicos, advogados é logo convocado a dar sua contribuição para a cidade. É que, naquela época, Anápolis era ligada à Goiânia por uma estrada de pista única, ocasionando muitos acidentes. Daí que a população reclamava do governo a duplicação da estrada, sem conseguir, no entanto, sensibilizar o governo para a construção da outra pista. Mário, então, elaborou um plano e obteve ajuda e apoio dos interessados. Com anuência de todos, toda semana ele postava 4 ou 5 cartas com endereços diferentes e em agências de correio diferentes, pedindo sempre a mesma coisa: a duplicação da estrada que liga Anápolis a Goiânia. E assim ele fez durante muitas semanas. A correspondência era endereçada ao secretário de transportes, ao secretário de obras e ao governador do Estado. Tempos depois, ele e os amigos souberam de uma reunião entre os secretários de transportes e também de obras e o governador de Estado: os dois ao despachar no gabinete do homem disseram: não aguentamos mais, temos que duplicar a pista que liga Anápolis a Goiânia e foram colocando as cartas na mesa do governador. Não demorou muito e a duplicação da estrada saiu do papel. Hoje, quem mora em Anápolis conhece a estrada, mas talvez não conhece a história...

Nenhum comentário: